O Pinguim de Geladeira

Um tiquinho de coisas soltas, podem formar uma coisa só no final das contas.

Uma carta para mim mesma de 10 anos atrás

Oi Amanda!
Provavelmente vc ta deitada no sofá vendo sessão da tarde, depois de ter demorado mais de duas horas pra chegar em casa em um percurso que deveria ser feito em menos de 30 minutos. Provavelmente tomou um chup chup de abacate ou coco do sacolão da esquina da casa do Ricardo depois de ter comido isopor temperado e bebido um copo de croro no bar do pé do morro da escola com a turma.

Você ainda não sabe, mas vc ta no auge da parte mais leve da sua vida até agora. Você se acha a webdesigner só pq sabe HTML e passa as tardes em casa, tranquila. Tem preocupações como nota escolar, relacionamento com os amigos e o que vai fazer pro jantar.

amanda de 10 anos atrás em um céu ombré

Preocupação: foto “bacana” pro flogão

Sabe, se eu pudesse te dar conselhos a respeito do que vc deve fazer para os próximos 10 anos, eu certamente daria. Acho que se você fizesse algumas coisas diferentes, sua vida continuaria sendo leve e vc sofreria muito menos.

Sei que hoje você só volta à pé da escola para ter dinheiro para ir ao pop rock ou para custear os chup chup e lanches de vez em quando. Hoje em dia eu vejo que isso é muito louvável! Afinal, vc aprendeu que, literalmente, o dinheiro depende do seu suor para ser conquistado. Em um ou dois anos vc vai ter um emprego de verdade, que vai te pagar muito, muito, muito menos do que deveria e vc vai até se tornar um pouco pão dura. Vai até começar a calcular o quanto vc tem que trabalhar para comer um misto quente no intervalo das aulas da faculdade. O que eu posso te dizer sobre isso é: vai com calma, ta bom? Não se priva muito não, pq não vai adiantar de nada. Assim que se ver ganhando um pouco mais, vc vai ficar louca desvairada e ficar no vermelho várias vezes, por vários anos e vai se ver sem reservas para nada. E isso é uma vergonha.

Sei que você AMA isopor temperado e croro, brigadeiro, pastel de vento ou doce de leite derretido com coco. Seus dias são feitos disso né? Ta sozinha em casa, nada pra fazer na frente da TV, você aproveita pra comer. Natural. Mas, vai com calma nisso também, ta certo? Vc sempre foi magra, nunca teve barriga sarada, mas nunca foi gorda. Pois então. Vc vai ser. Vai engordar 30kg em um ano praticamente e vai se assustar muito com isso. E reaprender a comer vai ser tão difícil, que não vai compensar (de verdade, acredite em mim, não vai) as guloseimas comidas. Se juntarmos essa compulsão com o fato de que vc vai ganhar um pouco mais de dinheiro, vc vai ter lanchinhos cada vez mais caros e cada vez mais gordos e vai colocar a culpa no trabalho.

Aliás, por falar em trabalho…. Será que vc ta fazendo a escolha certa? Não é só pq vc se diverte com HTML que vc deva fazer alguma coisa relacionada à computação. No início será pura diversão, vc vai amar a faculdade, passar pelas matérias sem muita dificuldade (exceto em economia, veja bem), trabalhar muito, por horas seguidas, vai virar noites e noites incansáveis no trabalho, à base de pizza e refrigerante e dentro de 2 ou 3 anos nessa rotina, vc já vai estar de saco cheio do que vc faz.

selfie de 10 anos atrás.

Essas fotos de flogão, no futuro se chamará Selfie e vai ter até utensílios pra tirá-las.

Nesses 10 anos, vc vai passar por períodos meio depressivos (mais do que hoje, quando vc acha que não ter um namorado é a pior coisa que poderia te acontecer), vai passar por períodos de euforia, vai passar por momentos de MUITOS amigos, MUITA gente nova, MUITO bar e MUITA bebida e vai passar por momentos completamente sozinha. Vc vai viajar bem menos do que gostaria, vai se divertir bem menos do que poderia e vai se importar demais com coisas que não deveria.

Cara, se divirta mais. Saia mais. Pinte o cabelo com cores berrantes! Coloque piercings! Vc vai passar por uma fase em que vai morrer de vontade de ir em uma rave e não vai só pra não decepcionar seus pais. De verdade mesmo? Vá. Vá em rave, em show de rock, em forrós… Vá em mais forrós!!! Você não vai sair tanto quanto poderia por… preguiça?! Fala sério!

amanda com camisa do tianastácia que faltava andar sozinha

Fase rocker. Cara de mau, camisa preta e foto retocada no paint. Sim.

Você vai conhecer gente incrível e não vai se relacionar com eles por vergonha e por medo do que os outros pensarão de você e por isso, vai acabar passando por uma juventude um tanto quanto monótona. Tudo isso só para agradar aos outros.

Amanda, acredite: príncipe encantado não existe. Não tenha medo de ser falada, não tenha medo de se envolver, não tenha vergonha de falar sobre o que sente. Você é muito nova pra passar por todos esses dilemas e isso só vai fazer com que vc construa uma mentalidade podre e cheia de preconceitos que vai ser extremamente difícil de quebrar daqui a dez anos. Cresça livre, mas livre de verdade.

Sabe aquela frase que vc usa como assinatura no portal de leitura? Aquela do Legião Urbana: “Quem pensa por si mesmo é livre e ser livre é coisa muito séria”. Então, pense mais por si mesma, analise melhor as opiniões que ouvir e não se importe com os outros. E acredite, ser livre não é tão sério assim. Você só precisa aprender a lidar com isso. E talvez, com uma mentalidade diferente aos 15, seja mais fácil aprender isso aos 25.

Assinatura do fórum PDL.

Assinatura do fórum PDL.

No mais, não perca sua doçura. Apesar de ser um “Mandão”, vc conseguiu o apelido de “mandinha” justamente por ser uma menina doce e compreensiva. Lembra? Vc ouviu isso de um amigo há pouco tempo atrás (e hoje em dia ele nem é mais seu amigo… é outra coisa que vc vai aprender a duras penas… pessoas entram e saem da sua vida de forma muito fácil. aproveite o tempo que tem com elas). E hoje em dia, vc perdeu essa doçura. Você está cada vez mais amarga, mais sarcástica, mais brigona e mais mal humorada. E está difícil olhar pra trás e não se reconhecer mais. E está ainda mais difícil tentar recuperar isso.  Apenas trabalhe sua doçura para que ela não se perca, ok?

Um grande abraço do seu eu interior do futuro.
Amanda.

Leave a reply