O Pinguim de Geladeira

Um tiquinho de coisas soltas, podem formar uma coisa só no final das contas.

Arquivos de ‘2015’ category

[BEDA #9] Semana 16: Isso, pra mim, não é diversão:

1) UFC

Pra mim é selvageria! Gente do céu, ces aplaudem quando uma pessoa ta esmurrando a outra até sair sangue. Que isso! Na minha opinião isso incita a violência. Não gosto e não faço questão nenhuma de tentar.

2) Formula 1

Não entendo, não vejo graça, não consigo assistir.

3) Assistir filmes de ação

Filmes de porrada, brigas, tiros, perseguição policial, mortes, esquartejamento e coisas a fins. Não são do meu feitio, não curto.

4) CHAVES

Acreditem, não gosto de Chaves e Chapolin. Já sofri muito muito bullying na vida por isso, mas não entendo o motivo. Acho que as piadas não tem graça nenhuma e não consigo entender como as pessoas já sabem as falas de cor e continuem rindo daquilo! hahahaha só pode ser lavagem cerebral!

5) Boliche

Não, nunca joguei. Tenho uma preguiça bem grande disso e não tenho nem vontade de experimentar.

[BEDA #8] Semana 15: O que há de pior no mundo virtual?

1) Trolls

2) Donos da verdade

3) Entendidos de política

4) Galãs namoradores

5) Stalkers

Não vou entrar em detalhe de nenhum, pq tenho preguiça só de pensar em cada um desses. A internet tem como maior vantagem sua maior desvantagem, na minha opinião. Ela permite que todo mundo tenha voz, que fale qualquer coisa que lhe convir. Mas acho que a maioria das pessoas não está preparada pra isso ainda. As pessoas não sabem conversar, não sabem respeitar a opinião alheia, não sabem na maioria das vezes ter uma opinião propria, se escondem atrás da “liberdade de expressão” pra falar barbáries… e outros tantos.

 

[BEDA #7] Semana 14: Meus sites preferidos na internet:

Eu sigo bastante coisa no Inoreader (é bom, mas saudades Google Reader), mas vou tentar sintetizar os meus sites preferidos. Vou colocar canal do youtube tbm, ta bom?

1) Blogando com Nicole
Ai gente, eu gosto de todos os textos dela. Tem textos que eu poderia ter escrito, de tanto que me identifico. Mas me falta o talento. Conheci há um bom tempo e acompanho desde então. Muito bom!

2) Ricota não derrete
Gosto do jeito dela de falar, dos posts bem pé no chão dela e dos posts de decoração. Ela fala de moda, de decoração, de culinária e é tudo com preço acessível. Não é aquela it girl riquinha. Ela é gente como a gente que vai na Riachuelo, C&A, Renner e compra blusinhas de 9,90 (#quemnunca?).

3) Jout Jout Prazer
HAHAHAHA Atualmente todos amam Jout Jout. Não tem como não amar.

4) Assombrado.com
Ah, me deixa. Eu gosto dessas coisas de terror, de mistérios, de suspense. Ouço sempre e tenho medo sempre. hahaha
Tem site também, mas gosto do canal no youtube, que da pra ouvir enquanto trabalho.

5) Homens da Casa
Decoração pé no chão também, com muito DIY e tudo aqui de BH! Não podia ser melhor!

[BEDA #6] Semana 13: Fico sem graça quando…

1) Me elogiam

Acho que já falei sobre isso em algum post passado. Mas fico sem graça quando elogiam alguma coisa que eu fiz/sou/visto. Não sei lidar

2) Preciso apresentar qualquer coisa

Quer me matar é mandar eu falar na frente de um público, qualquer público. Gaguejo, tremo e passo mal uns 3 dias antes.

3) Estou na academia

Faço academia há uns 4 anos e nunca me acostumei de fato. Fico sem graça demais e pareço um dois de paus, pq nem olho pros lados.

4) Preciso criticar alguém

Fico com medo da pessoa achar ruim, não levar na boa e tal. E geralmente eu não falo tudo o que eu gostaria por isso.

5) Não consigo conversar

Eu sou faladeira. Mas só sou de falar com gente que eu já tenho intimidade. Se vc puxar papo comigo, eu vou conversar até cansar. Mas eu não sou boa em manter uma conversa, sabe? Sou meio jacu, tenho medo de falar o que não devo e aí se a outra pessoa for assim também, acaba gerando um climão estranho. Aí fico sem graça.

[BEDA #5] Semana 12: Coisas pra se fazer no frio:

1) Dormir

Fala se não é gostoso ficar na cama até cansar (ou seja, no meu caso, nunca), embaixo de kg de coberta? Eu amo.

2) Ver seriado/filme com o bofe

Traz lá a pipoca, um edredon bem fofinho e se prepara pra ficar horas juntinho vendo qualquer coisa na televisão. Gosto muito! (outra coisa bem gostosa pra comer enquanto faz isso é doce de leite com um copo de leite morno. enche a colher de doce de leite e toda vez antes de colocar a colher na boca, molha no doce de leite. no fim do doce, toma o leite docinho. manias! tchan!)

3) Correr / Malhar

Correr no frio é muito bom. É difícil se animar a ir, mas rende muito mais. Musculação também. Vc não transpira por qualquer coisa e mesmo depois de um tempo a temperatura fica agradável.

4) Ler

Chocolate quente, café, cappuccino, um livro muito bom e edredon são combinações perfeitas para o frio. Se for um livro que te prenda, vc não tem vontade nem de largar o livro rapidinho pra tirar um cochilo no meio da leitura (o que também é muito bom!)

5) Ir pra Porto Alegre

Ahahaha só pra passar frio mesmo, sabe? Já peguei temperaturas negativas em POA (amo essa cidade!) e sempre que faz um ventinho qualquer em BH, me lembro de lá. Lembro de escrever no gelo que forma em cima dos carros, nos kg de roupa e nos aquecedores nos bares. Saudades, POA! Saudades, frio!

[BEDA #4] Semana 11: Meus brinquedos preferidos na infância eram:

Eu não lembro o que eu fiz semana passada, vou muito lembrar o que eu fiz mil anos atrás. hahaha

1) Perna de pau

Esse eu lembro com muito carinho! Meu pai fez pra mim e eu ficava tentando andar neles. Não me lembro de ter conseguido, pra ser sincera, mas eu gostava bastante.

2) Portas e árvores

Rá! Macaca mode on, eu amava subir em árvores e subir pelos batentes das portas. Lembro que foi extremamente triste quando eu percebi que já tinha ficado muito grande para subir nas portas.

3) Espelho

Meus pais odiavam que meu irmão e eu fizéssemos isso, mas a gente amava. Pegava um espelho grande (de corpo inteiro) e segurava embaixo do olho pra andar pela casa. Cara, é muito legal. Parece que o corpo da gente fica meio retardado, pq vc sabe que aquele batente da porta nao ta no chão, mas o seu pé levanta automaticamente. Ah, nem sei explicar, mas gostava muito!

4) O carrinho vermelho do meu irmão

Guilherme tinha um carrinho vermelho, conversível que podia bater na parede. aí ele amassava e voltava ao normal (nunca entendi), mas ele cabia minhas bonecas dentro. E como minhas bonecas sempre foram independentes, elas andavam de conversível vermelho.

5) Meus móveis de madeira e a Barbie ginastica / Susie professora

Quando me lembro de brincar com brinquedo na infância, eu me lembro desse conjunto. Me lembro de colocar os móveis todos na área de lavar roupa da minha casa, separar os cômodos, usar mini cabides de meias como cabides dentro do guarda roupa, dobrar uma toalhinha pra usar como colchão na cama da barbie ou susie.

Às vezes meu irmão brincava junto. Aí colocávamos alguns legos como beliche e pegávamos todos os mini-craques (a gente tinha a coleção completa e alguns repetidos que sempre eram irmãos gemeos nas brincadeiras) e fazíamos de conta que era o orfanato das chiquititas. hahaha Que saudade que me deu agora.

Eu me lembro que gostava muito de dar cambalhota, estrela e pirueta no ar. E aprendi isso colocando todos os colchões da casa no corredor da casa enquanto meus pais trabalhavam. Ficava meu irmão e eu pulando o dia inteiro. Isso era muito bom, mas sempre que minha mãe descobria dava briga também, pq a gente ia machucar, blablabla. Ta vendo mãe, não machucamos. Ou machucamos e somos retardados de tanto bater a cabeça na parede. Vai saber.

[BEDA #3] Semana 10: Minhas comidas preferidas são:

Eu AMO comer. É muito difícil separar apenas cinco. Mas vamos tentar:

1) Churrasco

Torresmo de barriga na churrasqueira

Torresmo de barriga na churrasqueira (ou panceta, ce que escolhe como chamar)

nham… amo carne, amo o cheiro de churrasco, amo os acompanhamentos de churrasco (arroz, vinagrete e farofa). Amo principalmente torresmo de barriga na churrasqueira.

2) Abóbora com carne moída

Abóbora com carne moída

(não gosto da mimis, mas essa foto ta até gourmet) Abóbora com carne moída



ah, nada de glamour mesmo. Mas só de pensar minha boca saliva muito! É minha marmita preferida (levo marmita sim e marmita sem glamour mesmo).

3) Mingau

Mingau de aveia

Mingau de aveia



Mingau de maizena, de aveia, de coco, de qualquer coisa. Mingau pra mim é o máximo da confort food que posso ter. Minha mãe fazia quando eu era nova mingau de fubá com queijo e gente. que saudade.

4) Banana

Banana!

Banana! Sou quase um minion.

Minha fruta preferida da vida toda. Não da pra comer muito se for seguir o low carb, pq é uma fruta com muito muito carboidrato. Mas eu como do mesmo jeito. Prefiro cortar todos os carboidratos o dia inteiro e comer uma banana quente com coco antes de dormir. Também entra como um substituto do mingau que também não posso esbanjar no low carb.

5) Lasanha

Lasanha

Lasanha.

AI MINHA NOSSA SENHORA DO LCHF!! Não adianta gente, eu AMO lasanha e não consigo resistir. Queria dar um beijo em quem inventou a lasanha e outro beijo na minha mãe que faz a melhor lasanha do mundo todo.

Engraçado que fazendo essa lista eu sinceramente pensei em colocar balas de gelatina, jujubas, paçoca, chocolates e tal, coisas que eu sempre gostei muito. Mas durante essa quaresma eu cortei esses elementos e sinceramente, não me faz falta. (exceto na TPM) não sinto falta dessas besteiras. Tem um doce de leite da roça na minha casa e to até com medo de estranhar o gosto dele quando comer.

[BEDA #2] Semana 9: Pessoas que eu gostaria de conhecer / ter conhecido:

Nunca parei pra pensar nisso.

Essa coisa de conhecer, é muito ampla ne? Eu “conheci” o povo do CPM22 quando eu era louca por eles. Quer dizer ne. Gritamos o nome deles, eles vieram, autografaram nossos ingressos do show, nos deram adesivos, conversamos por 2minutos e 27 segundos enquanto eles esperavam a van deles chegar e foram embora. Falamos nossos nomes uns pros outros, mas… se eu encontrar um deles de novo eles se lembrarão? Não né (aliás, tem tipo uns 10 anos isso)? Então não é bem um conhecer. É no máximo um “ver”.

1) Stephen King
Aff gente, eu gosto demais do estilo de escrita desse cara. E imagino que uma conversa com ele deve ser bem interessante. E queria perguntar pq ele fez o que fez no fim do Cemitério.

“deixe me pensar no que responderei sobre o fim do livro Cemitério”

2) Seth Cohen
(Também) Há uns 10 anos atrás eu daria tudo pra conhecer o Seth Cohen de The OC. Mas ele é só um personagem e isso nunca vai acontecer.

Seth Cohen

Seth Cohen

3) John Mayer
Ah gente, eu não consigo ouvir outra coisa que não seja de John Mayer há alguns meses. Eu queria muito poder agradecer (e parabenizar) por escrever e tocar músicas tão gostosas de se ouvir.

"Este coração não veio com instruções, mas suas musicas chegam perto"

tipo isso ❤

4) Rita Lee
Imagino que ela deve ser super legal. Doidona, de boas, moderninha. Tenho vontade de ser amiguinha dela e tal. hahaha

Rita Lee.

Rita Lee: ainda poderia perguntar quais tintas ela usou pra chegar nesse ruivo lindo dessa foto.

5) Meu avô.
Meu avô materno morreu e eu tinha 2 anos. Não me lembro dele e tenho um peso no coração por isso. As pessoas me contam sobre a pessoa incrível que ele foi e eu só sinto um pesar por não ter tido a oportunidade de conviver mais com ele.

(não tenho foto do meu vô online :( )

[BEDA #1] Semana 8: Os melhores filmes infantis que já assisti foram:

1) Lilo & Stitch

Simplesmente amo. É o tipo de filme que eu sei as falas de cor, mas não canso de assistir.
Tá inclusive entre as tatuagens que eu quero fazer <3

2) O Estranho Mundo de Jack

Nem sei se enquadraria em “infantil”, já que ele é meio macabro, mas…
na locadora em que trabalhei (já contei que trabalhei em locadora? é assunto pra um post) ficava na sessão infantil, então deve ser infantil mesmo hahaha!

3)Meu Vizinho Totoro e Ponyo

Miyazaki <3
Acho muito lindinho, leve e gostoso de assistir. Como tudo do Miyazaki

4) A noiva cadáver

Outro com dedinho do Burton, né? Eu gosto deste estilo stopmotion de bonecos de massinha.

5) Procurando Nemo

Quem nunca falou baleiês? Eu falo até hoje quando vejo qualquer coisa de baleia. Por aí da pra ver a idade mental da pessoa, ne mesmo?
Inclusive aprendi o lema da minha vida nele: “continue a nadar, continue a nadar…”